segunda-feira, 18 de julho de 2011

Dores e amores

Confusão de sentimentos; é, mais uma vez.
Ela já estava até habituada com essa situação, nas verdade, ela estranhava quando os sentimentos ficavam claros.
Ela já nem sabia exatamente o que pensava, nem em quem.
Essa era uma situação incrivelmente incomoda, ela achava estranho o fato de não saber o que se passava dentro dela, e qual era o sentimento que ela tinha e por quem.
Mais uma vez, ela se via obrigada a sorrir e fingir que nada estava acontecendo, logo toda essa situação se resolveria. Ela escrevia para desabafar e aliviar as tensões; ela já estava cansada disso, ela estava... Bom, ela estava tentando ser ela.

5 comentários:

PauloSilva disse...

Obrigado minha queridinha :)

Gabi D. disse...

que post lindo flor!
adorei =D

Bjão guria, se cuida ;**

Kal Cavalcante disse...

Escrever na terceira pessoa escondendo nas entrelinhas a primeira. Esse é o espírito.
Parabéns pelo blog, flor.
Beijos e queijos

Camila Santana disse...

"Escrever na terceira pessoa escondendo nas entrelinhas a primeira. Esse é o espírito." - Disse tudo.

Parabéns :*

rebeca sangela! disse...

Eitaa , mt bom . *-*